6 fatos interessantes sobre Madeira

Fazendo parte do território português, ainda assim localizada no meio do oceano Atlântico, Madeira possui uma variedade de atividades interessantes e surpreendentes para realizar em suas férias após terminar o seu MarjoSports Bônus. Neste texto iremos relatar 6 coisas e fatos surpreendentes que você ainda não sabia sobre este lugar.

1. Madeira não é apenas uma ilha, mas um arquipélago

Madeira é o nome da maior e principal ilha deste arquipélago, a qual possui 736 km² de área e está localizada a capital Funchal. Por ordem de tamanho encontra-se a ilha de Porto Santo com 43km², o conjunto de ilhas Desertas com 14km² e por fim as ilhas Selvagens com 4km² em total.

2. O arquipélago está mais próximo a África que de Portugal

Devido a descoberta destas ilhas por portugueses exploradores em torno do ano de 1418 e 1419, faz com que, apesar de se localizarem mais próximo do continente africano, o arquipélago de Madeira fazem parte do território português.

A diferença da distância é exatamente o dobro. A ilha principal, Madeira, está localizada a apenas 500 km da costa africana e a 1000 km da capital Lisboa, e ainda assim, o acesso às ilhas será mais fácil e menos custoso com a saída desde Portugal. O voo com partida de Lisboa em direção a Funchal tem duração de aproximadamente 1 hora e 30 minutos.

3. Você pode experienciar 6 condições climáticas diferentes

Devido a sua posição localizada próxima a linha do equador, Madeira possui uma temperatura estável que varia entre 19 e 26 graus, esta que é muito confortável para nós humanos. No entanto, devido a sua diversidade da formação terrestre, pode-se experimentar diversas condições climáticas nas ilhas.

Esta ilha a qual foi formada por erupções vulcânica possui uma variedade de terreno que podem variar entre desértico, praia, penhascos com vistas ao horizonte e até montanhas e florestas densas.

4. Existem espécies raras de plantas que não poderão ser encontradas em nenhum outro lugar

Devido a variedade climática, em Madeira também é possível encontrar espécies de plantas tropicais que não poderão ser vistas em nenhum outro lugar do mundo. Seu rico solo vulcânico e clima subtropical, fazem com que seja a condição ideal para mais de 2500 espécies de plantas exóticas.

5. Você poderá se sentir nas nuvens, literalmente

O ponto mais alto da ilha é a montanha Pico Rivo com 1861 m de altitude, você poderá ter a experiência de caminhar na altura das nuvens e apreciar a vista incrível que este lugar proporciona.

A montanha está localizada na floresta Laurissilva a qual ocupa 20% do território da ilha e faz parte do patrimônio mundial da UNESCO. O acesso a este local pode ser realizado apenas a pé, mas o esforço é 100% recompensado com as belezas naturais.

6. É um dos melhores lugares do mundo para ver baleias

Devido a sua posição geográfica, o arquipélago é o local ideal para as baleias se reproduzirem. As chances para visualizar golfinhos e baleias são muito altas durante todo o ano, em total, são 15 tipos de baleias diferentes que passam frequentemente em torno as ilhas.

Um resumo da história da Ilha da Madeira

Eu pessoalmente adoro estar online e me divertir ouvindo música, aprendendo coisas novas e apostando online com KTO theplayoffs.com.br de vez em quando. Mas também adoro história e a história da Ilha da Madeira é particularmente interessante para mim.

A história da Ilha da Madeira inicia-se na Era dos Descobrimentos portugueses, quando no início do século XV Henrique, o Navegador, inicia uma viagem que culmina neste arquipélago.

Estabelecida apenas um ano após a sua descoberta, a Ilha da Madeira tem evoluído ao longo dos séculos para se tornar um destino de férias muito popular, região vitivinícola e porto para cruzeiros internacionais.

A Era do descobrimento

A Ilha da Madeira é frequentemente citada como a primeira Terra Nova a ser descoberta pelos portugueses no início da sua incrível Era dos Descobrimentos nos séculos XV e XVI. 

É amplamente aceito que os marinheiros conheciam este atraente arquipélago antes que os capitães portugueses Tristão Vaz Teixeira e João Gonçalves Zarco fossem desviados por uma tempestade, chegando finalmente à ilha que chamaram de Porto Santo.

A história da Ilha da Madeira começa a surgir em mapas que datam de 1339, embora a sua menção possa ter sido escrita já no século I Dc, pelo famoso filósofo romano Plínio. 

Oficialmente, porém, a moderna história da Ilha da Madeira começou com a sua fundação em 1419, quando um segundo navio regressou ao Porto Santo e descobriu a ilha principal da Madeira nas proximidades.

História da Ilha da Madeira: estabelecendo-se na Ilha

Os primeiros colonos foram os capitães e suas famílias. O trigo foi a primeira safra plantada pelos colonos. A princípio, esse trigo servia para consumo local, mas em poucos anos a ilha passou a exportar o excedente de todo esse trigo para a parte continental de Portugal. 

Com o tempo, porém, a produção de grãos vacilou e Henrique, o Navegador – que foi o benfeitor da Madeira – introduziu outras culturas comerciais. A mais bem-sucedida dessas primeiras safras foi a cana-de-açúcar, seguida logo em seguida pela beterraba. 

Na época, o açúcar era uma “especiaria” verdadeiramente exótica na Europa e na Grã-Bretanha, conhecida como “sal doce. Como tal, o açúcar foi essencial para o início da história da Madeira e para a sua sobrevivência como ilha colonizada. 

Vinho da Ilha

Quando a produção de açúcar de Portugal mudou para outros lugares maiores como o Brasil no século 17, a Madeira voltou sua atenção para a viticultura. 

O terreno revelou-se ideal para o cultivo de uvas, e logo o vinho Madeira foi apontado como a bebida alcoólica mais luxuosa nas colônias inglesas e europeias. 

Um dos efeitos das Guerras Napoleônicas foi a ocupação britânica da ilha. Esta foi uma ocupação relativamente amigável, e quando os britânicos devolveram o controle da ilha a Portugal em 1814, a fama do vinho Madeira era bem conhecida em todo o mundo civilizado.

A Era Moderna da História da Ilha da Madeira

Em primeiro de julho de 1976, a Madeira obteve autonomia política em relação a Portugal. Hoje, a ilha é um dos destinos de férias mais populares da Europa. 

Mais de um milhão de visitantes a visitam todos os anos, incluindo os que chegam em navios de cruzeiro à capital, Funchal.

O que está esperando para visitar a Ilha da Madeira?

Os atletas mais famosos da Madeira

A ilha da Madeira não é apenas famosa por suas belezas naturais e por seu povo acolhedor, mas também por seus atletas. Hoje, queremos compartilhar os nomes de alguns dos atletas mais famosos da Madeira, de diferentes esportes.

Será que você já ouviu falar de alguns deles? Alguns de seus nomes estiveram nas betfair Exchange, ou bolsa de apostas, das casas mais importantes do mundo. Fique conosco, pois, a seguir, falaremos mais sobre alguns deles.

Marcos Vasconcelos: Badminton

Marco Paulo Pereira Vasconcelos, ou Vasconcelos como é chamado, competiu em badminton nos Jogos Olímpicos de Verão de 2004, categoria single masculino, perdendo na rodada de 32 para Richard Vaughan, da Grã-Bretanha.

Ele também competiu na mesma categoria nas Olimpíadas de 2000 e 2008. No seu país natal, ganhou 15 títulos no Campeonato Nacional Português de Badminton.

Um atleta que ajudou a levar o nome da Madeira para o mundo. Aos 48 anos, atualmente só joga por hobby.

Catarina Fagundes: Windsurf

Catarina é uma ex-velejadora da Ilha da Madeira. Ela competiu na Mistral Windsurf Class nos Jogos Olímpicos de Verão de 1996 em Atlanta, Geórgia, e alcançou a 21ª posição.

Foi a primeira atleta portuguesa a participar de um evento olímpico com uma prancha à vela.

Atualmente, aos 43 anos, Catarina é empresária, ornitóloga e treinadora de windsurf na Madeira. CEO da Wind Birds.

David Fernandes: Canoagem

Mais um dos atletas mais famosos da Madeira, que também pratica um esporte aquático.  

David Fernandes, competiu nos Jogos Olímpicos de Verão de 2016 no Rio de Janeiro, nos K-4 1000 metros masculinos, mas não conseguiu grandes vitórias em suas carreira, entretanto, levou o nome da Madeira para vários lugares ao redor do planeta.

Alberto Paulo: Atletismo

Alberto Paulo é dos nomes famosos no atletismo português, compete principalmente na corrida de 3000 metros.

Participou de inúmeros campeonatos mundiais e alcançou as mais diversas posições em sua carreira. Aos 34 anos, é um orgulho dos madeirenses nos esportes e um dos maiores representantes da Ilha na atualidade.

Filipe Bezugo: Ginástica artística masculina

Um dos atletas mais famosos da Madeira e que competiu em um belíssimo esporte.

Filipe, atualmente com 39 anos, representou seu país e a Ilha da Madeira em diversas competições de ginástica artística masculina nacionais e internacionais.

Participou dos Jogos Olímpicos de Verão de 2004, que aconteceu em Atenas, e também competiu em campeonatos mundiais, incluindo o Campeonato Mundial de Ginástica Artística de 2007, em Stuttgart, Alemanha.

Cristiano Ronaldo: jogador de futebol

Deixamos o nome mais famoso de todos os tempos para o final.

Cristiano Ronaldo, foi eleito o melhor jogador português de todos os tempos pela Federação Portuguesa de Futebol em 2015 e coleciona títulos.

Certamente, ele ainda trará muita alegria para os madeirenses e para os fãs do futebol do mundo todo.

Tenha conhecimento sobre os fantásticos desportos aquáticos e pesca esportiva da Madeira

Ah, Portugal! Cheio de belezas e encantos, o país nos deixa fascinado em qualquer época do ano. Esta sensacao nao poderia ser diferente ao falarmos um pouco sobre a fantastica Ilha da Madeira.

É certo que em pela internet possamos obter conhecimento prévio de todas as regiões, e o mais curioso é a Ilha da Madeira se destaca pelas inúmeras opções de desportos aquáticos e pesca esportiva. Você sabia que inclusive, em sites como o bet.pt, você pode apostas tanto nos esportes aquáticos, assim como na pesca esportiva? Muitos sítios eletrônicos oferecem até mesmo algumas ofertas especiais.   

A Ilha conta com um clima subtropical , sendo que os termómetros podem ser considerados brandos praticamente o ano todo. Cabe salientar que o período de maior índice de chuvas ocorre outubro e fevereiro. Os turistas geralmente procuram a Ilha entre os meses de maio e setembro. Lembramos também que a primavera é consideravelmente linda na região, pois as flores a embelezam ainda mais.

Toda a Ilha é altamente propícia para a realização de esportes aquáticos, assim como a pesca esportiva anualmente, devido a boa temperatura do mar, assim como a ausência de agitação. Nas próximas entrelinhas, iremos descrever cada uma das opções.  

Opções em desportos aquáticos é o que não falta na Ilha.

Surfe: trata-se de uma prática de esporte por cima da água do mar, considerada como um esporte de aventura. O desempenho dos atletas é mensurado de acordo com a dificuldade dos movimentos realizados na prancha de surfe.

Caiaque: desporto realizado através de uma pequena embarcação, na qual se faz necessária a utilização de remos.

Bodyboard: Quase mesmo utilizando o mesmo princípio do surfe, entretanto esta prática desportiva realiza-se com outro tipo de prancha e também com a utilização de pe de pato,, onde seu corpo está quase sempre deitado, com a barriga na água.

Mergulho: Consiste na submersão através de alguns equipamentos para colaborar com a respiração dentro da água. No mergulho é possível observar diferentes espécies de animais e plantas marinhas.

Stand up paddle: Trata-se resumidamente de remar em pe, considera-se um modo bem antigo de surfe que renasceu na última década. Utiliza-se uma prancha, de fibra ou então inflável e um remo apenas.

E entao, como é a pesca desportiva na Ilha da Madeira?

A pesca desportiva por muitos é considerado um dos desportos mais gratificantes do mundo. Considera-se desportiva pois depois os animais marinhos são devolvidos ao seu habitat natural. Aos que praticam este tipo de desporto, é possível relatar bastante euforia devido a variedade de espécies que existem na Ilha da Madeira. Dependendo da localização, é possível pescar atum branco, atum rabilho, espadarte, barracuda, bonito, tubarão martelo, tubarão azul é albacore. Além destes, não podemos deixar de destacar o Espadim azul, que ficou conhecido mundialmente devido a sua aparição constante nas águas desta fantástica Ilha.

E então o que você está esperando para desbravar esta maravilhosa região de Portugal?

Os melhores restaurantes na Madeira

Fazer uma viagem à Ilha da Madeira é também aventurar-se a nível gastronómico. Além da Ilha apresentar uma gastronomia ímpar com sabores intensos e muito típicos, onde o arrojado toca com o tropical e esta miscelânea de sabores encanta o palato mais exigente, é fácil também, descobrir restaurantes de cozinha internacional, de alta gastronomia e com localizações privilegiadas.

Il Gallo d’Oro

Este é um restaurante que possui duas estrelas Michelin. Com um menu de degustação que permite uma aventura por sabores fantásticos, este restaurante prima em vários aspetos: a proximidade do staff com uma continua presença, a varanda fantástica com uma vista muito agradável, a localização perfeita.
Fica na Estrada Monumental Lido, uma das ruas mais conhecidas e emblemáticas da cidade do Funchal. Depois, após uns minutos de descida, em direção ao centro da cidade, encontra-se o famoso e único Casino da Madeira. Neste espaço de gambling, pode ser acolhido por novas aventuras típicas de casinos após um jantar de puro prazer. É tudo na Madeira é assim, um prazer dá espaço para outro. Passamos de uma aventura gastronómica para um fantástico momento de descontração e gambling.

picture

Med Restaurante

Este é outro restaurante de alta gastronomia e que fica relativamente próximo dos prazeres do gambling e de todas as emoções de um casino. Combina perfeitamente a harmonia e a calma do espaço, com um ambiente requintadamente romântico. O espaço exterior é muito agradável e permite um momento de tranquilidade e de reflexão, antes de se embrenhar numa noite de gambling no casino ou de degustação de fantásticas bebidas nos bares da zona.

Armazém do Sal

Este restaurante está localizado perto do núcleo museológico A cidade do açúcar. Fica num edifício histórico e agradavelmente decorado com requinte e muito bom gosto. Apresenta alguns pratos de sabor de excelência e é um lugar muito agradável para almoçar depois de uma noite de gambling no Casino da Madeira. Podes acordar tardiamente e embrenhar-te num suave passeio pelo centro do Funchal, com o rumo do restaurante traçado. Ali, num ambiente sereno, sentas-te e relaxas ao sabor de uma cozinha muito interessante. Se optares por visitar este restaurante à hora do jantar, confirma se nesse dia há música ao vivo. Torna o ambiente ainda mais agradável.

Restaurante do Forte

O Forte de São Tiago é um monumento histórico da Madeira. Carregando toda a lembrança de tempos em que era importante e vital estar armado e pronto para a guerra com os que se atreviam a aproximar-se da ilha, este espaço inspira e apresenta uma beleza fantástica. O restaurante, com mesclas de cozinha inglesa e sabores típicos da Madeira, combina perfeitamente o requinte e a elegância com a sobriedade e simpatia da equipa. É um lugar ideal para descontrair e pensar nas estratégias que vai usar na noite que se aproxima. Estratégias de gambling, seja qual for o seu jogo preferido. A pouca distância, o Casino da Madeira espera-o para mais uma noite de intensa emoção.

O Casino da Madeira

Destaca-se não só pelos jogos, pelo prazer da noite ou pelas fantásticas atrações artísticas que possui em cartaz. Para além do gambling, o casino possui dois fantásticos restaurantes que se abrem ao público de diferentes formas:
O Restaurante Bahia abre de quarta a sábado com espetáculos fantásticos e alta gastronomia. Está situado no quarto piso e apresenta uma esplendorosa vista sobre o Funchal. Combina a elegância, o requinte e a arte, com espetáculos internacionais.
O Restaurante Rio é mais ameno e está situado no mesmo piso da sala de jogos. Permite fazer refeições calmas e descontraídas, mesmo que o relógio marque já uma hora adiantada.